Aprenda como manter a sua saúde mental na quarentena

Saúde mental na quarentena

Confira algumas dicas de como manter a saúde mental na quarentena!

Nem no pior dos cenários poderia se imaginar que enfrentaríamos o que estamos enfrentando hoje. 

Uma pandemia, causada por um novo vírus que começou a se espalhar ainda em 2019 e fez o mundo inteiro literalmente ficar em casa. 

Algo que no começo parecia ser somente diferente se mostrou um verdadeiro exercício de paciência, e o grande desafio para muitos agora é: como manter a saúde mental na quarentena?

Foi pensando em te ajudar nesse momento que produzimos o conteúdo a seguir, no qual daremos dicas práticas e funcionais que cabem dentro de sua realidade e do seu dia a dia para manter-se saudável durante o período de confinamento e distanciamento. Confira!

Saúde mental na quarentena: como alcançar?

Muito tem se debatido sobre saúde mental na quarentena. Entretanto, existem dicas e recomendações que não condizem com a realidade de muita gente. 

Prezando pelo discernimento e empatia, nós da DoValle resolvemos trazer até você maneiras simples e palpáveis de manter a sanidade em tempos de pandemia.

1. Evite o excesso de informações

A pandemia e o coronavírus transformaram a maioria dos noticiários em portais monotemática, ou seja, que tratam quase que exclusivamente do mesmo assunto. E por se tratar de uma doença, é natural que boas notícias sejam escassas.

Por isso, nesse momento, lembre-se do velho ditado: menos é mais. Manter-se informado é importante, mas consumir informação negativa o dia todo é lesivo à saúde mental na quarentena.

2. Estabeleça uma rotina

Ao estabelecer uma rotina, o organismo entende que existem horários para realizar determinadas tarefas.

Por isso, ative o despertador e programe suas refeições, exercícios e outras atividades que você gostaria de incrementar na sua rotina e que proporcionam prazer a você.  

Estabelecer essas etapas evita a monotonia e previne o surgimento de sensação de que o tempo não passa, algo muito importante e desgastante para a saúde mental.

3. Busque novas formas de lazer

Momentos de lazer e hobbies de muita gente ocorriam ou eram praticados fora de casa, algo que não é indicado nos dias de hoje. 

Mas lazer é muito importante para a saúde mental, portanto precisam ser mantidos ou, nesse caso, reinventados.

Sendo assim, por que não buscar novas formas de lazer nesse período mais caseiro? 

Cuidar de plantas, aprender a costurar, ler um livro ou até mesmo, quem sabe, aprender um idioma. Tudo isso pode ser alcançado através de vídeos gratuitos no youtube ou aplicativos que não exigem pagamentos.

Outra dica legal é ter momentos de meditação. Isso auxilia no relaxamento físico e emocional, contribuindo muito para a saúde dentro de casa. Portanto, escolha um cômodo confortável, um horário tranquilo e busque meditar.

4. Movimente-se

Embora possa parecer difícil manter a rotina de atividades físicas durante a pandemia, manter-se ativo é fundamental para a saúde física e mental no isolamento. Entretanto, não é preciso realizar desafios absurdos propostos por muitos.

Subir escadas, pular corda ou fazer exercícios com garrafas pets já garantem uma liberação de endorfina, capaz de promover bem-estar, tranquilidade e consequentemente saúde. 

Cerca de 30 minutos diários de atividades físicas são suficientes e você não precisa fazer isso desacompanhado, sabia? 

Se você mora com mais alguma pessoa, faça um convite. Do contrário, você sempre pode procurar canais de atividade física no Youtube e acompanhar os vídeos. 

5. Alimente-se bem

Aqui temos outro fator muito importante, embora muitas pessoas não saibam que a alimentação exerce grande influência sobre o nosso humor. 

Alimentos ricos em cafeína, como refrigerantes à base de cola, assim como industrializados ricos em açúcar, tendem a agir como estimulantes.

O consumo excessivo ou frequente desse tipo de alimento torna as pessoas mais alertas e irritadas, além de contribuírem negativamente para o relaxamento. 

A dica aqui é prezar por alimentos mais leves e saudáveis, tais como frutas, alimentos integrais, sucos naturais e dar prioridade a preparos de fácil digestão, como cozidos ou assados, evitando frituras em geral.

6. Mantenha-se em contato com quem você gosta

Outra dica importantíssima para manter a saúde mental na quarentena é manter-se em contato com as pessoas que você gosta.

Sempre que possível converse com pais, avós, tios, amigos e demais familiares. Essas conversas permitem visualizar que tudo está bem, o que diminui sentimentos de ansiedade e angústia, além de renovar as energias.

Mas não se esqueça: se essas pessoas queridas não moram com você, buque conversa de maneira virtual!

7. Seja positivo

É comprovado cientificamente que ser positivo influencia diretamente na saúde cerebral, além de promover melhorias no sistema imunológico, servindo também como forma de combater o novo coronavírus.

Por isso, busque boas notícias! Procure pelo número de curados, os novos desenvolvimentos de medicamentos e vacinas e as boas ações espalhadas pelo mundo no combate à pandemia.

Isso servirá como uma forma natural de se equilibrar emocionalmente, o que te ajudará a superar a crise pandêmica que estamos vivendo no momento. 

Conte com a Dovalle!