Controle da ansiedade: nutracêuticos podem ajudar?

O mundo vive hoje uma epidemia de ansiedade. Cada vez mais pessoas se consideram ansiosas e o que pode explicar essa situação de saúde é o mundo moderno em velocidade acelerada onde muitos vivem. Metas, prazos e concorrência contribuem para um desgaste prematuro e profundo de nossa saúde mental. Embora essa seja realidade de muita gente, a boa notícia é que o controle da ansiedade pode ser alcançado através do uso de nutracêuticos e adoção de alguns hábitos específicos.

Se você quer aprender mais sobre controle da ansiedade e saúde mental, não deixe de ler nosso conteúdo.

O que é a ansiedade?

A ansiedade é uma emoção normal e natural do ser humano, que surge de modo comum quando se enfrenta algum tipo de situação estressante. No entanto, quando essas sensações se tornam excessivas, ela pode evoluir para uma doença, fazendo com que seus portadores se sintam preocupados de maneira excessiva, podendo inclusive, sentir medos diante de situações corriqueiras do cotidiano.

Quem sofre com esse mal, geralmente afirmar que o seu maior desejo se dá em ter o controle da ansiedade, mas que quase nunca consegue realizar tal façanha.

Sintomas físicos e psicológicos da ansiedade

Quando a ansiedade se instala, é comum que alguns sintomas físicos e psicológicos apareçam, atrapalhando assim, a rotina de seus portadores.

Sintomas físicos da ansiedade H3

Os principais sintomas físicos da ansiedade são:

  • Taquicardia;
  • Aceleração dos batimentos cardíacos;
  • Aumento da sudorese;
  • Tremores;
  • Sensação de fraqueza;
  • Boca seca;
  • Mãos e pés frios ou suados
  • Náuseas
  • Tensão muscular
  • Dor de estômago podendo ser seguida de quadros de diarreia.

Sintomas psicológicos da ansiedade

  • Já os sintomas psicológicos da ansiedade são:
  • Tensão e nervosismo constantes;
  • Sensação de que algo ruim irá acontecer;
  • Dificuldades de concentração;
  • Falta de controle sobre os pensamentos;
  • Irritabilidade;
  • Preocupação exagerada;
  • Dificuldades para dormir;
  • Agitação constante.

Formas clássicas de controlar a ansiedade

Uma vez diagnosticada, o controle da ansiedade pode ser feito de diversas formas.

A realização de sessões de psicoterapia, e uso de medicamentos são maneiras clássicas de se controlar a doença. No entanto, exercícios mentais, como técnicas de respiração; sessões de meditação; yoga e até mesmo a simples prática de atividades físicas têm sido cada vez mais utilizados no controle dessa enfermidade mental.

Vitaminas, minerais e aminoácidos podem ajudar

A alimentação é outra grande aliada no controle da ansiedade. Vitaminas, minerais e aminoácidos são capazes de otimizar o funcionamento cerebral, além de potencializar uma série de reações bioquímicas que favorecem o bem-estar e a sensação de tranquilidade.

Vamos falar um pouco sobre os principais.

Vitaminas do complexo B

As vitaminas do complexo B são de grande importância para o funcionamento cerebral, uma vez que participam ativamente de conduções sinápticas cerebrais.

Magnésio

O magnésio é um mineral amplamente encontrado em diversos alimentos e conhecido como um calmante natural, pelo simples fato de agir no cérebro de forma a otimizar a secreção de uma série de neurotransmissores.

Zinco

A suplementação com zinco apresenta resultados positivos no funcionamento do sistema nervoso. Normalmente, pessoas ansiosas e até mesmo depressivas, apresentam deficiências desse mineral. Ofertar zinco a pacientes ansiosos é uma ótima forma de manter a ansiedade sob controle.

Selênio

O selênio é um mineral que possui importante ação antioxidante e consequentemente protetiva sobre os neurotransmissores. Baixos níveis desse composto, possuem um impacto negativo no humor, além de promover a ansiedade.

Triptofano

E por fim, temos o triptofano. Um aminoácido de grande importância que não é produzido pelo organismo, por isso, deve ser obtido por meio de alimentação e suplementação. A presença do triptofano, otimiza a produção de serotonina, um neurotransmissor de grande impacto no humor, promovendo uma sensação de tranquilidade e bem-estar capaz de auxiliar no controle da ansiedade.

Nutracêuticos e o controle da ansiedade

Embora vitaminas, minerais e aminoácidos possam ser encontrados em alimentos, é muito comum que as pessoas não atinjam a dose diária de consumo recomendada. Por isso, o consumo de nutracêuticos é uma boa opção para controle da ansiedade.

Duas opções disponíveis no mercado de nutracêuticos são o Conexium e o Sedantol.

Conexium

O Conexium é um nutracêutico à base de L-Triptofano, associado a micronutrientes coadjuvantes, além de zinco, manganês e selênio presente na fórmula, sendo uma ótima opção para trazer tranquilidade, bem-estar e principalmente controle da ansiedade.

Sugere-se a ingestão de uma ou duas cápsulas ao dia desse nutracêutico.

Para saber mais sobre o Conexium, basta clicar aqui.

Sedantol

O Sedantol é um nutracêutico à base de zinco, magnésio e selênio associados à dez tipos de vitaminas. Sua indicação se dá a pacientes ansiosos, estressados e até mesmo depressivos.

Sugere a ingestão de uma ou duas cápsulas diariamente.

Para saber mais sobre Sedantol, basta acessar esse link.

Embora ambos sejam nutracêuticos com componentes naturais em suas formulações, é indispensável que haja uma prescrição profissional para sua utilização de maneira segura e eficaz.

Diferente do que muitos possam acreditar, nutracêuticos podem sim ajudar no controle da ansiedade.