A correlação dos aminoácidos e ganho de massa muscular

Ganho de massa muscular

Se você busca ganho de massa muscular, é importante entender sua relação com os aminoácidos. 

Quando o assunto é composição corporal e ganho de massa muscular, muitas pessoas idealizam uma rotina extenuante e diária de exercícios físicos.

Entretanto, existe um nutriente de grande importância para a manutenção e construção dessa massa muscular: os aminoácidos.

No blog post de hoje, vamos te mostrar qual é a correlação dessas moléculas com o ganho de massa muscular. Confira!

O que são aminoácidos, afinal? 

Aminoácidos são moléculas formadas por átomos de carbono, hidrogênio, oxigênio, nitrogênio e, em alguns casos, até mesmo enxofre. São essas moléculas, enfileiradas em cadeia, que formam as proteínas. 

Algo importante de ser mencionado sobre os aminoácidos é que eles são divididos em duas categorias, os essenciais e os não essenciais. tirosina, serina, prolina e arginina

Os aminoácidos não essenciais são aqueles produzidos naturalmente pelo organismo, como: 

·         alanina;

·         ácido aspártico;

·         ácido glutâmico;

·         asparagina;

·         cisteína;

·         glicina;

·         glutamina;

·         tirosina;

·         serina;

·         prolina;

·         arginina;

Já os aminoácidos essenciais são aqueles que o organismo não é capaz de sintetizar, por isso, precisam ser obtidos através de alimentação e/ou suplementação.

·         isoleucina;

·         fenilalanina;

·         leucina;

·         lisina;

·         metionina;

·         valina;

·         histidina;

·         treonina;

·         triptofano.

Os aminoácidos e o ganho de massa muscular

Depois de conhecer os aminoácidos e saber que eles são partes importantes nas moléculas de proteínas, é importante ter em mente que essas pequenas moléculas atuam em frentes diferentes dentro do nosso organismo.

Uma das frentes de atuação dos aminoácidos diz respeito à formação de energia e a outra, muito importante para o ganho de massa muscular, é o reparo e formação de novos tecidos.

Sendo assim, podemos afirmar que o os aminoácidos são fundamentais e não devem ser negligenciados por quem deseja ganhar e manter músculos.

Mas como os aminoácidos agem no ganho de massa muscular? Esse deve ser seu questionamento nesse exato momento. Para melhor compreensão, vamos dividir a ação dos aminoácidos em duas etapas distintas: Geração de energia e renovação tecidual.

Geração de energia

O ganho de massa muscular só ocorre após a ocorrência de microlesões musculares ocasionadas por exercícios de força: a famosa musculação. 

Em um primeiro momento, é necessário que o organismo tenha energia suficiente para se movimentar e realizar esse tipo de atividade.

Nesse momento, então, os aminoácidos agem de modo a promover energia, possibilitando as pequenas lesões musculares que darão origem a novos músculos.

A renovação tecidual 

Uma vez que os músculos são lesionados, eles precisam receber nutrientes para crescerem e aumentarem. E é aí que os aminoácidos entram.

Podemos enxergar a musculatura como uma parede, os músculos como tijolos e o cimento como os aminoácidos. Quando você deseja ampliar um cômodo, por exemplo, você quebra a parede, mas antes de colocar novos tijolos é necessário cimento para dar firmeza aos novos tijolos, correto?

Pois bem, a musculação é como a quebra da parede, os aminoácidos são as estruturas fundamentais de sustentação e firmamento dos novos tijolos que surgirão no processo de expansão.

Sem a presença de aminoácidos, o ganho de massa muscular não ocorre, por isso a importância de consumi-los diariamente.

Principais fontes de aminoácidos

Os aminoácidos podem ser obtidos principalmente através da alimentação. Alimentos ricos em proteínas, tais como carne, frango, peixes, ovos, lácteos, feijão, lentilha, grão de bico, spirulina são ótimas fontes de aminoácidos.

Além dos alimentos, os aminoácidos para ganho de massa muscular também podem ser obtidos através do consumo de suplementos. 

No entanto, é necessário que haja uma orientação profissional para o consumo de suplementos à base de aminoácidos, uma vez que doses elevadas podem causar riscos à saúde.

Aminoácidos na manutenção de massa muscular 

Outro ponto importante é que, além de promover o ganho de massa muscular, aminoácidos também auxiliam a manter a massa muscular, sendo de grande importância para prevenção de sarcopenia – que é a perda de músculos, que acometem principalmente os idosos.

Dessa forma, é necessária uma ingestão adequada de aminoácidos durante todos os períodos da vida.

Uma ótima forma de se obter aminoácidos se dá através do uso de suplementos nutracêuticos. Nós da Dovalle, trabalhamos com o que há de melhor em termos de matéria-prima e temos à disposição um nutracêutico à base de aminoácidos: o Algi Muscular.

O Algi Muscular é um suplemento em pó, formulado à base de aminoácidos essenciais voltado à saúde muscular de seus consumidores. Ele é isento de açúcar, glúten e lactose e contém vitaminas e minerais em sua formulação. É, sem sombra de dúvidas, uma ótima opção para quem busca saúde muscular.

Além do Algi Muscular, a Dovalle conta ainda com uma linha repleta de nutracêuticos com diferentes finalidades e aplicações para sua saúde, buscando lhe oferecer sempre o que há de melhor. Todos os produtos podem ser conferidos através desse link.

Quando se fala em cuidados com a saúde, conte com quem realmente entende e se preocupa com você. Conte com a Dovalle.