Conheça a ação dos nutracêuticos no processo de envelhecimento da pele

Conheça, através da leitura deste blog, a ação e o poder dos nutracêuticos no processo de envelhecimento da pele

A pele é o maior órgão do corpo humano, representando um sexto do peso corporal total, e sua principal função é atuar como uma barreira química e física contra agentes ambientais externos nocivos, como patógenos, exposição à radiação ultravioleta (UV), ameaças químicas, mudanças de temperatura e até desidratação. A radiação UV solar pode interagir com muitas moléculas (cromóforos) em diferentes camadas da pele. Essas interações podem ter efeitos biológicos positivos e negativos, dependendo do comprimento de onda, exposição à radiação e fontes de UV. Os efeitos positivos incluem principalmente a síntese de vitamina D e o tratamento de diferentes doenças de pele. Os efeitos adversos da radiação UV incluem inflamação, imunossupressão e / ou distúrbios alérgicos, aumento da sensibilidade por drogas (corticóides), envelhecimento, dano ao DNA, estresse oxidativo e carcinogênese (câncer).

O envelhecimento da pele é um processo biológico complexo resultante de dois mecanismos sinérgicos: fatores intrínsecos e extrínsecos. Por outro lado, o envelhecimento intrínseco ou endógeno, é um fenômeno inevitável que inclui vários fatores como o metabolismo celular, a genética, o hormônio e a passagem do tempo. Está clinicamente associado ao aumento da fragilidade e perda de elasticidade. Por outro lado, o envelhecimento extrínseco ou exógeno pode ser evitado e é causado pela exposição repetitiva da pele ou do corpo a agentes nocivos, especialmente luz ultravioleta, dieta inadequada, poluição, produtos químicos e toxinas. O enrugamento e a pigmentação também estão diretamente associados ao fotoenvelhecimento prematuro e são considerados os eventos cutâneos mais críticos.

Conheça a Ação dos Nutracêuticos no processo de envelhecimento da pele

O termo “nutracêutico” é derivado da combinação de “nutrição” e “farmacêutico” e foi estabelecido por Stephen DeFelice em 1989, fundador e presidente da Fundação para Inovação em Medicina (FIM), Cranford, New Jersey. De acordo com DeFelice, nutracêutico pode ser definido como “um alimento (ou parte dele) que oferece benefícios médicos ou de saúde, incluindo a prevenção e / ou tratamento de uma doença”. Os nutracêuticos podem ser usados ​​para melhorar a saúde, retardar o processo de envelhecimento, prevenir doenças crônicas como a obesidade, aumentar a expectativa de vida ou apoiar a estrutura ou função do corpo.

Os nutracêuticos têm sido apontados como uma estratégia promissora para prevenir, retardar ou minimizar o envelhecimento prematuro da pele. Dentre eles estão os peptídeos, vitaminas, minerais, compostos bioativos e ácidos graxos como os ingredientes mais utilizados. A suplementação com esses produtos tem mostrado evidências de efeito sobre os sinais de envelhecimento e proteção dos danos causados pela radiação UV em vários testes em seres humanos.

A seguir, conheceremos os principais ativos relacionados à saúde da pele.

Peptídeos Bioativos de Colágeno

Verisol™ é uma tecnologia alemã de colágeno especialmente desenvolvido para os cuidados com a saúde da pele. Seu uso regular tem sido associado à redução significativa do volume de rugas, grau de celulite e ondulações na pele.

Além disso, o consumo de peptídeos bioativos de colágeno é capaz de estimular o crescimento e fortalecimento das unhas.

Coenzima Q10

A Coenzima Q10 (COQ10) é um importante antioxidante, ou seja, uma de suas inúmeras funções está relacionada ao combate de substâncias capazes de estimular o envelhecimento das células.

Estudos têm sugerido que a suplementação de COQ10 é capaz de melhorar a elasticidade da pele e aumentar as barreiras de proteção contra os efeitos danosos da exposição prolongada aos raios solares, reduzindo os sinais visíveis do envelhecimento.

Ácido Hialurônico

O Ácido Hialurônico (AH) tem sido apontado como um suplemento promissor no quesito antienvelhecimento cutâneo pelo fato de ser um ativo chave para a preservação da hidratação dos tecidos.

Em 2017 um estudo demonstrou que a ingestão de uma solução oral com AH levou ao aumento da elasticidade e hidratação da pele, ao passo em que reduziu sua aspereza e profundidade das rugas, se mostrando bem tolerado e sem nenhum efeito colateral a longo prazo.

Vitamina A, Niacina, Biotina, e Ácido Pantotênico

Contribuem para a manutenção do cabelo, da pele e das unhas.

Vitamina C

Auxilia na formação e estruturação do colágeno.

Vitamina E, Manganês e Selênio

Auxiliam na proteção dos danos causados pelos radicais livres.

Vitamina D e Zinco

Auxiliam no processo de divisão das células, incluindo as da pele.

Conclusão

Vários ingredientes demonstraram ser potencialmente eficazes para aliviar os sinais de envelhecimento da pele. De acordo com estudos de grande impacto, o uso de nutracêuticos faz parte do leque de estratégias avançadas para auxiliar na saúde, beleza e elasticidade da pele.

Já que estamos falando em envelhecimento, que tal conferir esse blog bem bacana sobre a chave para a longevidade e a influência dos nutracêuticos no envelhecimento celular? Para isso, é só clicar aqui.

A Dovalle escolheu Longevidade como a palavra-chave para o ano de 2021, acompanhe-nos em nossas páginas do Instagram e Facebook