Nutrição contra os efeitos do tempo

Conheça e aprenda mais sobre a conexão e a importância entre a nutrição, os efeitos do tempo e as condições de pele.

Um fato irrefutável é que a beleza nasce de dentro para fora. Não é por acaso que a conexão entre nutrição, os efeitos do tempo e as condições de pele têm sido amplamente estudada ao longo dos anos, desde os tempos mais antigos até os atuais.

O envelhecimento cutâneo consiste em dois processos didaticamente independentes, clínica e biologicamente distintos. O primeiro está ligado ao envelhecimento intrínseco da pele, ou seja, está relacionado ao envelhecimento cronológico e, portanto, atinge a pele da mesma forma que atinge os demais órgãos do corpo.

O segundo, por outro lado, diz respeito ao envelhecimento extrínseco que, basicamente, é aquilo que classificamos como pele envelhecida por fatores externos, incluindo exposição solar crônica e irradiação violeta (UV), poluição, tabagismo, privação de sono e, claro, má nutrição.

A forma mais eficaz de combater os efeitos extrínsecos do envelhecimento cutâneo é através da prevenção, a qual se baseia em um estilo de vida bem regulado (restrição calórica, cuidados com o corpo e atividade física regular), com condições de estresse controlado e uma alimentação nutricionalmente balanceada, incluindo alimentos com alto teor de moléculas antioxidantes.

Antioxidantes frequentemente pesquisados, como carotenoides, tocoferóis e flavonoides, bem como vitaminas (em especial A, C, D e E), ácidos graxos essenciais (ômega 3), algumas proteínas e lactobacilos, têm sido referenciados como agentes capazes de promover a saúde e beleza da pele. Os antioxidantes apresentam efeito “anti-aging” por serem capazes de neutralizar espécies reativas de nitrogênio (RNS) e oxigênios (ROS), os chamados Radicais Livres.

A geração apropriada de radicais livres possui efeitos benéficos de proteção contra os efeitos do tempo até certo ponto. O grande problema é o desbalanço entre produção e neutralização, o qual resulta em um quadro de estresse oxidativo, levando ao envelhecimento precoce.

Nutrientes Antienvelhecimento 

A nutrição está intimamente associada à saúde da pele, sendo necessária para todos os seus processos biológicos. Os hábitos alimentares aos quais uma pessoa é submetida podem reparar a pele danificada ou podem causar danos a ela. Nesse aspecto, alguns nutrientes são considerados “chaves do antienvelhecimento”, contribuindo para a manutenção da jovialidade e proteção cutânea.

Ácido Ascórbico (Vitamina C):

Estimula a produção de colágeno, que é o grande responsável pela estrutura, firmeza e elasticidade da pele.

Fontes: acerola, laranja e limão.

Tocoferol (Vitamina E)

Além das propriedades antioxidantes, a vitamina E ajuda a manter a hidratação natural da pele. Além disso, auxilia na cicatrização regular, pois estimula a produção de fibras elásticas e de colágeno.

Fontes: azeite de oliva, amendoim e nozes.

Carotenóides (B-Caroteno)

Atua na produção de melanina, substância responsável pelo bronzeamento e proteção da pele.

Fontes: cenoura, mamão e abóbora.

Colecalciferol (Vitamina D)

Fortalece a barreira da derme (uma das camadas da pele), além de ajudar a reduzir rugas e linhas de expressão.

Fontes: gema de ovo, manteiga e atum.

Zinco

Participa da proliferação e diferenciação dos queratinócitos (células da pele que produzem queratina), ou seja, fortalece as barreiras de proteção da pele.

Fontes: nozes, leguminosas e carne vermelha.

Complexo B

Diminuem a inflamação e melhoram a pigmentação da pele.

Fontes: vegetais, frutas e leguminosas em geral.

A partir do exposto, entende-se que o envelhecimento da pele é um processo biológico complexo e longo, afetado por fatores genéticos e ambientais, que embora natural pode ser freado a partir da adoção de estratégias nutricionais envolvendo a ingestão de nutrientes específicos capazes de potencializar as enzimas antioxidantes produzidas pelo corpo e, ao mesmo tempo, criar barreiras externas, fazendo da nutrição uma poderosa arma contra os efeitos do tempo.

Já que estamos falando da nutrição atrelada aos cuidados com a pele no verão, que tal conhecer os 6 principais nutracêuticos da nutrição estética? Para isso, é só clicar aqui.

A Dovalle escolheu Longevidade como a palavra-chave para o ano de 2021, acompanhe-nos em nossas páginas do Instagram e Facebook

Exposição ao sol e a alimentação influenciam em doenças de pele

Exposição ao sol e a alimentação influenciam em doenças de pele

O clima tropical e a ideia de beleza associada ao bronzeamento, são incentivos para a exposição ao sol de forma prolongada. No Brasil, o câncer de pele não melanoma é o tumor mais frequente em ambos os sexos. O que tem preocupado o Instituto Nacional de Câncer é que crianças se expõem ao sol três vezes mais que adultos, e ainda, que os efeitos nocivos são cumulativos.

Essa exposição ao sol excessiva provoca uma série de efeitos adversos à saúde humana, uma delas é o aparecimento de cânceres de pele. Entre as formas de prevenção contra este tipo de doença está a proteção ao se expor ao sol, cuidados com a alimentação, prática de atividades físicas e muitas outras iniciativas saudáveis que podem ser inseridas na rotina.

Hoje, estudos comprovam que muitos alimentos ou fórmulas nutricionais são capazes de suprir algumas deficiências do corpo. As proantocianidinas (antioxidantes) presentes nas sementes de uva, por exemplo, mostraram ter alguns efeitos biológicos, incluindo a prevenção da fotocarcinogênese, que é o desenvolvimento dos cânceres cutâneos induzidos pela radiação ultravioleta.

A fórmula do Resverol, alimento elaborado a partir do óleo de semente de uva, produzida pela Dovalle, foi preparada para suprir esta necessidade.

“É importante ressaltar que não importa o quanto a alimentação ou fórmula nutricional é benéfica para o corpo, se os cuidados com os raios ultravioletas não são permanentes e eficazes”, explica o nutricionista da Dovalle, Wenceslau Fernandes.

Gostou do tema? Pra se aprofundar ainda mais, confira nosso blog com algumas dicas sobre mais cuidados que devemos ter com a nossa pele.

A Dovalle escolheu Longevidade como a palavra-chave para o ano de 2021, acompanhe-nos em nossas páginas do Instagram e Facebook