Conheça os benefícios do óleo de semente de uva

Muitas pessoas ainda desconhecem o óleo de semente de uva. Esse produto, que na verdade, pode ser até mesmo chamado de subproduto é um poderoso nutracêutico derivado da produção de vinho. E a melhor parte de tudo isso é que ele pode trazer uma série de benefícios à saúde.

Foi pensando nos efeitos benéficos que esse nutracêutico é capaz de promover aos seus consumidores que produzimos esse conteúdo. Se você busca mais saúde, através de compostos naturais, então, esse artigo foi produzido para você.

Propriedades do óleo de semente de uva

Embora a uva seja uma fruta nutritiva rica em antocianinas e pigmentos específicos, boa parte de suas propriedades não são transmitidas ao óleo que é obtido a partir de suas sementes.

O óleo de semente de uva, na verdade, possui um teor elevado de ácidos graxos poli-insaturados, como ômegas do tipo 6 e 9, além de um teor muito interessante de vitamina E.

Principais benefícios do óleo de semente de uva

Por conta de sua composição, podemos adiantar que o óleo de semente de uva é capaz de prover benefícios em diferentes sistemas e consequentemente, além promover efeitos de diversas naturezas.

Confira agora, suas principais vantagens ao organismo.

Redução dos níveis de colesterol

O alto teor de ômega 6 presente no óleo de semente de uva, oferece uma ótima dose de ácido linoleico ao organismo, um tipo de ácido graxo que possui uma poderosa ação anti-inflamatória.

Depois que é absorvido pelo organismo, o ácido linoleico é capaz de reduzir a oxidação de lipoproteínas de baixa densidade, o famoso colesterol LDL, que também é conhecido popularmente como colesterol ruim.

Além de reduzir os níveis desse tipo de colesterol, esse nutracêutico é capaz de contribuir para a elevação dos níveis de colesterol HDL, conhecido como colesterol bom, que possui efeito cardioprotetor.

Promove melhora das doenças reumáticas

Artrite, artrose e gota, são consideradas poderosas doenças reumáticas crônicas que se caracterizam por inflamações de diversas naturezas nas articulações. Em episódios conhecidos como crises reumáticas, ocorre alto grau de inflamação, o que causa dores articulares capazes de deixar seus portadores literalmente paralisados.

Entretanto, essas dores podem ser amenizadas com o uso do óleo de semente de uva. O consumo regular desse tipo de produto promove no organismo uma poderosa ação anti-inflamatória sistêmica, capaz de regular e minimizar processos inflamatórias, auxiliando no controle das doenças reumáticas, além de diminuir suas dores.

Melhora da saúde cutânea

Outro ponto bastante peculiar do óleo de semente de uva é sua ação sobre a saúde da pele.

Por ser um composto com boas de vitamina E, esse nutracêutico é capaz de conferir mais saúde para pele de diferentes maneiras.

Os principais efeitos desse produto na pele são:

  • Maior hidratação da pele;
  • Maior firmeza;
  • Manutenção do aspecto bronzeado por maior período de tempo;
  • Diminuição de cicatrizes, rugas e estrias;
  • Controle de celulite devido à ação anti-inflamatória.

Previne o diabetes

Alguns estudos têm comprovado que o consumo de óleo de semente é capaz de favorecer a ação da insulina e dessa forma reduzir as principais complicações associadas ao diabetes, principalmente o tipo II.

Estudos demonstraram que pacientes diabéticos ou resistentes à insulina que fizeram uso conjugado de óleo de semente de uva apresentaram melhoras nos mecanismos de funcionamento da insulina e absorção de moléculas de glicose.

Facilita o emagrecimento

Por ser um composto capaz de modular a ação da insulina e favorecer a absorção de moléculas de glicose e possuir poderosa ação anti-inflamatória, o consumo regular do óleo de semente de uva é capaz de favorecer o processo de perda de peso.

Essa facilidade de emagrecimento ocorreria pelos efeitos citados acima, além de um efeito ainda não citado aqui: Esse nutracêutico potencializa a utilização de gordura marrom como fonte de energia, o que garante uma diminuição do tecido adiposo, facilitando o emagrecimento.

Resverol é produzido com óleo de semente de uva

Depois de conhecer todos os benefícios desse nutracêutico a pergunta que você deve estar se fazendo é: Onde encontro um óleo de semente de uva confiável para consumo?

O melhor óleo de semente de uva disponível no mercado é o Resverol.

Produzido com alta tecnologia e rigoroso controle de qualidade, o Resverol, é o óleo de semente de uva produzido pelo laboratório DoValle. Ao incluí-lo em sua rotina diária, você será capaz de colher todos os efeitos benéficos aqui citados. Para mais informações sobre esse produto basta clicar aqui.

Principais sinais de carência de vitaminas complexo B

Saiba quais são os principais sinais de falta de vitaminas do complexo B

Em busca de uma vida mais saudável, é comum que pessoas busquem diferentes fontes alimentares com as mais variadas composições, pensando tanto em macro quanto em micronutrientes. Dentro dessas opções, existe um grupo vitamínico que chama bastante atenção por conta de sua importância: As vitaminas do complexo B.

Essas vitaminas possuem uma série de funções específicas e atuam de maneira conjunta a enzimas, facilitando a transformação de diferentes fontes alimentares em energia, por isso são tão importantes e a carência de qualquer uma delas é perigosa.

Foi pensando em chamar a atenção para deficiências de vitaminas do complexo B que produzimos esse conteúdo. Confira.

As vitaminas do complexo B

Existe uma série de vitaminas do complexo B. são elas:

  • Tiamina – vitamina B1;
  • Riboflavina – vitamina B2;
  • Niacina – vitamina B3;
  • Ácido pantotênico – vitamina B5;
  • Piridoxina – Vitamina B6;
  • Biotina – vitamina B7;
  • Ácido fólico (ou folato) vitamina B9;
  • Cobalamina – vitamina B12.

Todas essas vitaminas juntas formam as vitaminas do complexo B. Dito isso, agora é hora de falarmos dos sinais de carência de cada uma delas.

Tiamina – vitamina B1

A tiamina está intimamente relacionada ao apetite, além de estar ligada ao controle da quantidade de energia que o organismo pode (e deve gastar). Os principais sinais de carência dessa vitamina do complexo B são: Falta de ar, falta de apetite, prisão de ventre, inchaço nas pernas, sono, fraqueza e sonolência

Riboflavina – vitamina B2

A vitamina B2 atua na produção sanguínea, estimula o crescimento e atua no funcionamento do sistema nervoso. Os sinais de carência são inflamações nas mucosas da boca e do nariz, feridas nos lábios, conjuntivite recorrente e sensibilidade à luz.

Niacina – vitamina B3

A vitamina B3 possui grande importância para a circulação sanguínea, além de ofertar energia para as células. Os principais sintomas de carência dessa que é uma das mais importantes vitaminas do complexo B são diarreia, enjoo, feridas espalhadas pelo corpo, vômitos e perda de peso sem causa aparente.

Ácido pantotênico – vitamina B5

A vitamina B5 é fundamental para o processo de cicatrização. Além disso, ela participa ativamente da produção de hormônios. Os sintomas mais comuns de carência são sonolência, alergias, formigamentos, formação de gases intestinais e ocorrência de cãibras.

Piridoxina – vitamina B6

A vitamina B6 auxilia na manutenção do metabolismo, além de manter o sistema nervoso e a saúde da pele em dia. Os principais sinais de carência de piridoxina são feridas ao redor dos olhos, boca e nariz, além de inflamações sem causas definidas na mucosa oral.

Biotina – vitamina B7

A biotina auxilia na absorção de outras vitaminas do complexo B pelo intestino, além de ser de essencial para a saúde de cabelos, unhas e pele. Os sinais de carência da vitamina B7 envolvem cansaço, perda de apetite, queda de cabelo, unhas quebradiças e irritações na pele.

Folato – vitamina B9

A vitamina B9 é importante para o funcionamento dos sistemas nervoso, imunológico e circulatório. Os sintomas de carência envolvem tontura, diarreia, palidez, falta de ar, irritabilidade e dores de cabeça.

Cobalamina – vitamina B12

A vitamina B12 é de grande importância na prevenção de doenças de origem cardíacas e neurológicas, auxiliando na manutenção do sistema nervoso como um todo. Os sinais de carência são anemia, formigamento nas pernas, dificuldade de concentração e falta de energia.

Quem mais sofre com carências de vitaminas do complexo B?

Idosos, adolescentes, gestantes e idosos estão dentro da faixa de risco daqueles que podem sofrer com carências de vitaminas do complexo B.

Além disso, veganos, vegetarianos, pessoas que precisam fazer uso de corticoides, que tem o hábito de ingerir bebidas alcóolicas ou pacientes com problemas intestinais também podem apresentar deficiências nutricionais dessas vitaminas.

Suplementação é eficaz, mas requer orientação profissional 

É importante destaca que em muitos casos, a alimentação não se faz suficiente para repor a carência de vitaminas do complexo B em níveis considerados satisfatórios, por isso, uma das melhores formas de garantir a reposição e manutenção dessas vitaminas se dá através de suplementação.

Suplementos vitamínicos possuem todas as vitaminas do complexo B em sua composição e são, capazes de garantir as doses necessárias para todas as faixas etárias. No entanto, para uma reposição segura e adequada é importante que haja prescrição médica para sua utilização.

Além da necessidade de se buscar auxílio médico para reposição de vitaminas do complexo B, é importante buscar por um suplemento de qualidade. Por isso, te convidamos a conhecer nossa linha de produtos.

Com mais de 50 anos de experiência o laboratório DoValle é considerado especialista na produção de complexos vitamínicos, além de outros produtos como enzimas e nutracêuticos capazes de potencializar a saúde de seus consumidores.

Quando seu médico prescrever, qualquer suplemento, a DoValle deve ser sua escolha. Conheça a nossa linha de produtos clicando aqui.

Ômegas 3 e 6: por que são essenciais para o organismo?

A maioria das pessoas ouve falar apenas em ômega 3. No entanto existem outros tipos de ácidos graxos de grande importância para a saúde, como é o caso também, do ômega 6, um tipo de gordura essencial para o funcionamento do organismo. Foi pensando em mostrar a diferença entre os ômegas 3 e 6 que resolvemos produzir esse conteúdo. Se você sempre quis saber quais são as propriedades individuais de cada um deles, então, não pode deixar de ler esse conteúdo.

Ômegas 3 e 6: Saiba quais são as diferenças 

Embora tenham nomenclaturas semelhantes, os ômegas 3 e 6 possuem uma série de diferenças pré-estabelecidas entre si. Vamos falar agora sobre as diferenças e ações de cada um deles no organismo.

Tudo sobre ômega 3 

Os ácidos graxos do tipo ômega 3 são um tipo de gordura insaturada considerados o único tipo de gordura que o organismo humano não é capaz de sintetizar. Por esse motivo, são considerados essenciais e devem se fazer presentes na rotina alimentar de todas as pessoas, como forma de se evitar deficiência nutricional.

Para que serve o ômega 3?

O ômega 3 faz parte da membrana de todas as células de nosso organismo, podendo inclusive, interferir no mecanismo de sinalização de cada célula. Ou seja, esse ácido graxo é capaz de afetar a função dos receptores que se encontram na parede de todas as nossas células.

Por conta disso, é possível afirmar que os ácidos graxos do tipo ômega 3, são responsáveis pela produção hormonal, além de participar ativamente de processos metabólicos diretamente relacionados à uma série de reações fisiológicas, como a coagulação sanguínea e processos inflamatórios.

Propriedades do ômega 3 

Por conta de sua atuação em processos inflamatórios e na regulação genética, esse ácido graxo é capaz de auxiliar na prevenção de problemas cardíacos, como infartos e arteriosclerose. Estudos demonstram que o ômega 3 é capaz de evitar o acúmulo de placas de gordura capazes de bloquear o fluxo sanguíneo no interior de artérias.

Os principais benefícios do ômega 3 são:

  • Ajuda a perder peso;
  • Controla a insulina e previne o diabetes;
  • Acelera o metabolismo;
  • Oferece proteção cardiovascular;
  • Previne diferentes tipos de câncer;
  • Possui ação anti-inflamatória;
  • Melhora os níveis de colesterol e triglicérides.

Tudo sobre ômega 6

O ômega 6, assim como o ômega 3 é um ácido graxo essencial para a saúde e o funcionamento do corpo humano. No entanto, nosso organismo não é capaz de produzir os ômegas 3 e 6, sendo necessários que sejam obtidos através de alimentação ou então de suplementação.

Para que serve o ômega 6

A principal função do ômega 6 é promover o crescimento das células, por isso é de fundamental para o desenvolvimento de órgãos e toda a estrutura corporal. Além disso, outro fator de grande importância sobre esse ácido graxo é sua ação sob o sistema nervoso, uma vez que potencializa as sinapses neuronais.

O ômega 6 também é importante na produção de hormônios capazes de ativar o funcionamento do sistema imune, além de poderosa ação anti-inflamatória. A carência desse nutriente é capaz de desencadear uma série de alterações cerebrais e neurológicas como depressão, esclerose múltipla, transtorno bipolar, déficit de atenção e esquizofrenia.

Os principais benefícios do ômega 6 são:

  • Poderosa ação anti-inflamatória;
  • Ação anticancerígena;
  • Melhora do funcionamento do sistema nervoso;
  • Maior cognição;
  • Aceleração de recuperação tecidual.

Ômegas 3 e 6: É importante que haja equilíbrio

Algo importante de ser mencionado entre os ômegas 3 e 6 é que é necessário que haja equilíbrio entre esses dois tipos de ácido graxos.

Para que suas ações benéficas ao organismo ocorram, é necessário manter uma proporção adequada entre ômegas 3 e 6.

Embora ambos sejam essenciais para o organismo, o nosso corpo precisa de cada um deles em concentrações diferentes. Uma série de estudos sugerem que o organismo necessita de duas partes de ômega 6 para uma parte de ômega3, ou seja, uma relação de 2:1 em favor do ômega 6.

Suplementação é uma ótima forma de garantir a dosagem ideal

Embora os ômegas 3 e 6 possam ser obtidos através da alimentação, é muito comum que profissionais da saúde prescrevem suplementos à base desses ácidos graxos como forma de garantir o equilíbrio entre ambos.

O laboratório DoValle produz suplementos à base de ômegas que podem ser incorporados no seu dia a dia garantido saúde e vitalidade. Para conhecer nossa linha de suplementos e nutracêuticos basta clicar aqui.