Vitaminas e o fortalecimento da imunidade: qual a relação?

Devemos observar como positivo a busca cada vez maior das pessoas em busca de saúde e compostos benéficos para o funcionamento do organismo. Um ponto cada vez mais buscado pelas pessoas é o fortalecimento da imunidade. Com um sistema imunológico mais atuante e funcional, é possível viver uma vida mais plena, feliz e claro – saudável.

A busca pelo fortalecimento da imunidade possui componentes de grande importância: As vitaminas. E sobre essa relação que falaremos hoje no nosso artigo.

Vitaminas e funções no organismo

As vitaminas são substâncias essenciais aos seres humanos, uma vez que o organismo não é capaz de produzi-las. Por isso, elas precisam ser obtidas através da alimentação ou então da suplementação.

As vitaminas desempenham uma série de funções no desenvolvimento e no metabolismo do ser humano. Entretanto, diferente do que muita gente pode acreditar, elas não são utilizadas como forma de energia ou, tampouco, material de reposição celular.

Essas incríveis substâncias agem como aditivos, que são indispensáveis para a ocorrência de pequenas reações fisiológicas e consequente funcionamento de sistemas completos. A falta de vitaminas no organismo, mesmo que em uma pequena concentração, pode causar uma série de problemas à saúde.

Fortalecimento da imunidade através de vitaminas

Manter o consumo regular de vitaminas é fundamental tanto para o fortalecimento da imunidade, quanto para sua manutenção. Algumas vitaminas específicas são capazes de potencializar o sistema imunológico. São elas:

  • Vitamina A;
  • Vitamina B6;
  • Vitamina B9;
  • Vitamina C;
  • Vitamina D.

Agora vamos demonstrar como cada uma delas age promovendo o fortalecimento da imunidade.

Vitamina A

A vitamina A possui importante papel no processo de renovação celular e inibição de quadros de infecção. Sua deficiência está relacionada à redução do funcionamento de células de defesa, como os linfócitos. Essa vitamina pode ser encontrada em óleos, vegetais, frutas e alimentos de origem animal.

Vitamina B6

A vitamina B6 participa de diversos processos metabólicos. Sua deficiência diminui a proliferação de células de defesa, reduzindo naturalmente a produção de anticorpos. Essa relação é facilmente observada em exames de pacientes portadores de HIV.

Vitamina B9

A vitamina B9 está associada ao funcionamento do sistema nervoso e prevenção a diferentes tipos de câncer. Quando essa vitamina se apresenta em baixos níveis, o organismo se torna mais suscetível a ação de agentes invasores como vírus, bactérias e fungos. O que facilita o surgimento de doenças.

Vitamina C

A vitamina C é uma grande aliada do sistema imunológico. Sua ação antioxidante é capaz de renovar as células defesa do organismo, garantindo assim, o fortalecimento da imunidade. A suplementação dessa vitamina é capaz de prevenir doenças de origem respiratória

Vitamina D

A deficiência de vitamina D promove uma série de alterações intestinais e pode influenciar no surgimento de doenças de origem autoimune. Por isso, manter seus níveis da normalidade é importante.

Suplementação também pode ajudar

Embora as vitaminas possam ser obtidas através da alimentação, muitas vezes por conta de preferências ou alergias alimentares ou até mesmo presença de alguma patologia, o consumo vitamínico pode não ser adequado, podendo causar danos ao organismo como um todo.

Pensando assim, apostar no uso de suplementos é uma maneira de garantir o aporte de vitaminas, bem como o fortalecimento da imunidade.

Se você está em busca de suplementos vitamínicos de qualidade, capazes de garantir o aporte necessário á sua saúde, conte com a DoValle. Com anos de experiência, contamos com uma linha completa de produtos, capazes de promover saúde, bem-estar e felicidade. Para conhecer todos eles, basta clicar aqui e escolher o que melhor se adapta às suas necessidades.

Como a venda de nutracêuticos pode alavancar o seu negócio

Pouco tempo atrás, suplementos eram vistos como opções apenas para atletas e praticantes de atividades físicas. No entanto, aos poucos, a população passou a compreender a importância e os benefícios que esses  produtos são capazes de proporcionar à saúde. Ao apostar nessa linha de negócios, o empresariado só junta benefícios, pois promove efeitos únicos à saúde de seus clientes, além de retorno financeiro ao seu comércio. Hoje vamos mostrar como a venda de nutracêuticos é capaz de alavancar o seu negócio.

Motivos para apostar na venda de nutracêuticos

Como se sabe, a mentalidade da população vem mudando. Hoje, é cada vez mais comum a preocupação com saúde, vitalidade, bem-estar e consumo de substâncias naturais, sem grandes adições químicas. Por isso, apostar na venda de nutracêuticos pode alavancar negócios.

Os principais motivos para vender nutracêuticos são:

  • Se tornar um ambiente de referência;
  • Ofertar compostos naturais;
  • Adequação à mentalidade populacional;
  • Segurança aos clientes.

Vamos dissertar agora sobre cada um desses motivos.

Se tornar um ambiente de referência

A venda de nutracêuticos é um verdadeiro divisor de águas para qualquer negócio. Como esse tipo de produto vem ganhando cada vez mais espaço na rotina da população, um estabelecimento que os comercializam passa a se tornar um ponto de referência.

Isso promove maiores ganhos tanto com a venda dos próprios nutracêuticos, assim como de outros produtos que são comercializados no mesmo estabelecimento.

Ofertar compostos naturais

Nutracêuticos são produtos que possuem em suas concentrações uma grande variedade de compostos naturais, como vitaminas, minerais, aminoácidos, fitoquímicos e compostos antioxidantes.

Ao vender esse tipo de suplementação alimentar, o comerciante está ofertando aos clientes compostos naturais, que são diferentes de medicamentos clássicos, que vem sendo cada vez menos procurados e consequentemente consumidos.

Adequação à mentalidade populacional

Nos dias de hoje, as pessoas buscam cada vez mais um planeta sustentável, sem a presença de compostos químicos ou substâncias de origens desconhecidas. Estabelecimentos que não seguirem essa tendência serão passados por trás, podendo até mesmo sofrer boicote por parte dos consumidores.

Por isso, a venda de nutracêuticos é vista hoje em dia como uma adequação à mentalidade populacional. Para se manter competitivo no mercado, adequações dessa natureza são uma constante.

Segurança aos clientes

Por fim, um dos principais fatores pelos quais a venda de nutracêuticos pode alavancar o seu negócio, diz respeito à segurança que esse tipo de produto passa aos clientes.

Todo e qualquer tipo de nutracêucito é produzido sob rígidas normativas determinadas pela ANVISA. Dessa maneira, ao comercializar esse tipo de produto em seu estabelecimento, você promove segurança e fideliza o cliente, exatamente por esse motivo.

DoValle é referência em nutracêuticos

Depois de ter uma visão mais ampla de como a venda de nutracêuticos é capaz de alavancar seus negócios, que tal começar a mudar a saúde financeira de seu estabelecimento hoje mesmo?

A DoValle é conhecida pelos padrões de qualidade que aplica na produção de todos os seus produtos. Por isso, se você busca alavancar suas vendas e se tornar referência, conte conosco para lhe ajudar.

Contamos com grande linha de nutracêuticos especiais que pode ser conhecida através desse link. Torne-se referência, se adeque às necessidades do mercado e colha todos os benefícios financeiros dessa prática.

4 erros que você comete ao trabalhar com nutracêuticos

A ciência e a tecnologia visando produção de suplementos alimentares estão em constante evolução, sempre tentando proporcionar saúde e qualidade de vida aos consumidores. Embora os suplementos nutracêuticos sejam algo positivo, tanto para vendedores quanto para clientes, ainda há quem cometa erros na hora de lidar com esse tipo de produto. Foi pensando nisso, que elencamos os principais erros cometidos por quem resolveu trabalhar com nutracêuticos.

Principais erros cometidos ao trabalhar com nutracêuticos

Embora não seja uma novidade do momento, o mercado de nutracêutico, felizmente vem crescendo em ritmo acelerado e isso pode fazer com quem comercialize esse tipo de suplementação alimentar, acabe por ficar desatualizado no assunto, levando ocorrência de erros.

Dentre os principais erros cometidos ao trabalhar com nutracêuticos estão:

  • Não saber o que um nutracêutico;
  • Não vender soluções;
  • Não entender a necessidade do cliente;
  • Indicar de modo errado.

Vamos falar um pouco sobre cada um desses erros.

1. Não saber o que é um nutracêutico

Esse é um dos erros que ainda é cometido por quem resolveu trabalhar com nutracêuticos.

Então, para sanar de vez essa dúvida e evitar futuros erros, vamos explicar o que são os famosos e indispensáveis nutracêuticos.

O termo nutracêutico une duas palavras: “nutrientes” e “farmacêuticos”. Portanto, podemos afirmar que trata-se de uma solução farmacêutica, mas com uma fórmula que contém nutrientes, com capacidade cientificamente comprovadas de prover benefícios à saúde, acelerar tratamentos e prevenir patologias.

Além disso, eles podem ser utilizados para complementar alimentação ou atuar de maneira estética.

2. Não vender soluções

Esse é outro erro comum de farmacêuticos, médicos e nutricionistas que passaram a trabalhar com nutracêuticos. Muitas vezes, os profissionais citados acabam por vender apenas os nutracêuticos em si, e não as soluções que eles podem trazer às condições de saúde enfrentadas por clientes e pacientes.

3. Não entender a necessidade do cliente

Compreender a necessidade do cliente é muito importante para evitar erros ao se trabalhar com nutracêuticos.

Muitas vezes o cliente não sabe expressar quais são suas necessidades. Por isso, dedicar um pouco de atenção e zelo ao pedido do consumidor, visando compreender quais são suas necessidades, é uma ótima forma de não cometer esse tipo de erro.

4. Indicar de modo errado

E por fim, temos o maior erro de todos, a indicação errônea de nutracêuticos. Infelizmente, ainda há aqueles que trabalham com esse tipo de produto e cometem erros na forma de indicar o produto.

Nesses casos, os erros podem ir desde indicar o nutracêutico errado, ou então cometer erros no que diz respeito a dose e horários de utilização.

Evitar erros é simples

A melhor forma de evitar errar ao trabalhar com nutracêuticos, é se manter sempre atualizado sobre o assunto. É importante ter em mente que um profissional de saúde, seja um farmacêutico, nutricionista ou médico, nunca vai parar de estudar. A atualização é importante, tanto para se manter competitivo no mercado, quanto para atender clientes e pacientes com qualidade.

Para saber mais sobre o assunto e evitar qualquer tipo de erro, te convidamos a conhecer o que há de mais moderno atualmente no mercado: A nossa linha especial de nutracêuticos. Para isso, basta acessar esse link.