Suplementos X Nutracêuticos: qual a diferença entre os dois?

“Deixe que o alimento seja o seu remédio e o remédio seu alimento” (Hipócrates (460-370 ac.)). O ensinamento trazido pelo pai da medicina já demonstrava que para que uma pessoa seja saudável é necessário escolher alimentos adequados.

A vida corrida da sociedade moderna nos trouxe grandes dificuldades para cuidar da alimentação e consumir todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo.

Além disso, após uma certa idade, nosso organismo passa a não produzir determinados nutrientes, sendo necessário a sua reposição.

Para adquirir uma vida mais equilibrada, muitas pessoas estão optando pelo consumo de suplementos e nutracêuticos.

Mas o que são nutracêuticos?

Apesar de ter um nome complicado, nada mais é do que uma junção das palavras “nutrientes” e “farmacêuticos”. Explicando de maneira mais fácil, são soluções farmacêuticas cuja a fórmula contém nutrientes com capacidade comprovada de trazer benefícios à saúde, tanto para prevenir como para o tratamento de diversas doenças.

Eles ainda podem ser tanto para os fins de complementar a alimentação como também para o uso em tratamentos estéticos

Principal diferença entre nutracêuticos e suplementos

Apesar de nutracêutico ser um tipo de suplemento, eles se diferem porque em sua fórmula contém composto bioativo proveniente dos alimentos e em doses superiores aos encontrados nos alimentos originários.

Os suplementos nem sempre têm esse composto bioativo, o que torna difícil a análise específica da necessidade de cada um.

Por isso, é sempre recomendado a utilização de um nutracêutico, nas doses e medidas manipuladas especificamente para cada um dos indivíduos.

Quais são os benefícios?

Além da prevenção e do tratamento de diversas doenças, motivos pelos quais foram criados em primeiro lugar, a utilização pode trazer diversos outros benefícios para a qualidade de vida.

No geral, eles aumentam sua disposição, regulam seu organismo e te deixam mais saudável e feliz.

Os nutracêuticos também trazem benefícios para aqueles que gostam de praticar exercícios físicos. Isso porque aumentam a disposição para o treino e diminuem os impactos causados pelo exercício.

Neste caso, deve-se prestar atenção no composto que está sendo adquirido, uma vez que nem todos os suplementos vendidos para esse fim são compostos exclusivamente dos nutrientes que você precisa.

Para quem é recomendada a utilização?

Ele é recomendado para qualquer pessoa que deseja fazer a reposição dos nutrientes que ocasionalmente o corpo humano deixa de produzir aos longos dos anos. Também é recomendado para aqueles que procuram mais qualidade de vida, dormir melhor, ter mais disposição, melhorar o metabolismo entre outros.

Grávidas, mulheres na amamentação, crianças e idosos devem ter cuidado no seu consumo, sendo indispensável a orientação e o acompanhamento nutricional.

Lembre-se sempre de procurar orientações de um nutricionista, que irá indicar aqueles nutracêuticos e suplementos mais adequados a sua necessidade e, ainda, escolher produtos de qualidade e de sua confiança. Isso fará grande diferença nos resultados e na sua saúde

Gostou do post e das informações? Ficou com alguma dúvida? Quer adquirir os nutracêuticos? Entre em contato com nossos colaboradores através do Fale Conosco do site. Estamos prontos para te atender!